Inspirada em novela da Globo, filha mata mãe na “vida real”

Segundo o laudo da polícia, a jovem injetou ar no pulso da mãe com uma seringa

Na última semana um crime bárbaro chocou o país e mostrou o quanto a mídia pode influenciar no comportamento de algumas pessoas. Uma jovem por nome de  Paloma Botelho Vasconcelos, de 21 anos, matou a própria mãe inspirada em uma cena da novela “Segundo Sol” exibida na Rede Globo.

O crime aconteceu na cidade de Petrópolis, interior do Rio de janeiro. Paloma seguiu os passos da cena, inclusive o crime foi cometido no mesmo dia da exibição do capítulo no último dia 2 de Outubro.

Na novela Laureta (Personagem interpretada pela atriz Adriana Esteves) mata a Galdino (Narcival Rubens), seu capanga, com uma injeção de ar.

Segundo o laudo da polícia, a jovem injetou ar com uma seringa no pulso da mãe, Dircilene Botelho.  A empresária foi enterrada no dia seguinte com atestado de óbito de morte natural. Mas na quinta-feira (05), o padrasto de Paloma, senhor Manuel da Silva, de 68 anos, ao analisar as gravações das câmeras de segurança descobriu o crime.

intolerância religiosa na atualidade

O senhor Manuel vinha desconfiando de estar sendo roubado e instalou câmeras dentro de casa. O padrasto da jovem também constatou que o crime teve a ajuda de Gabriel Neves, 26 anos,  namorado de Paloma.

Seu Manuel foi denunciar o crime, mas os PMs não puderam prender a garota e seu namorado, pois a legislação eleitoral diz que: “Antes das eleições só é possível deter alguém em flagrante.”

Paloma admitiu no depoimento que ela e o seu namorado aplicaram um pano com formol no nariz da vítima. Depois a colocaram no saco. Como a mãe ainda se mexia depois da asfixia, ela usou a injeção da “Laureta” para matá-la.

Segundo Gheren, [inspetor da Polícia Civil] ela procurou seguir ao máximo o roteiro da cena, buscando uma veia no pé para injetar o ar, mas como não achou, aplicou no pulso.

Fonte: O Fuxico Gospel

Intolerância religiosa no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *